Quais as vantagens e as desvantagens do outsourcing de TI?

No mercado atual, no qual a eficiência de custos e a assertividade em processos fala mais alto, a terceirização vem ganhando cada vez mais adeptos. Mesmo assim, muitos de gestores de tecnologia ainda guardam dúvidas quanto às vantagens e às desvantagens do outsourcing de TI.

Entretanto, é importante entender também que terceirizar os processos nem sempre será a melhor solução. Tudo vai depender das necessidades e das características da organização: cada caso deve ser analisado individualmente.

Mesmo assim, não se pode negar o fato de que a aplicação dessa abordagem faz parte da transformação digital, a qual está mudando a realidade dos negócios e fazendo com que as empresas cresçam cada vez mais.

De qualquer maneira, este artigo foi preparado para abordar as vantagens e as desvantagens do outsourcing de TI. Confira!

Vantagens do outsourcing de TI

Começaremos então pelas suas vantagens. O ponto a destacar, nesse caso, é que os benefícios apresentados pela terceirização dos serviços serão percebidos em praticamente todos os tipos de empresa.

Isso é ainda mais verdade para aquelas que lidam com um grande volume de informações e, que por causa disso, necessitam de sistemas robustos, 100% funcionais e sempre disponíveis.

De acordo com o Outsourcing Institute, as vantagens mais relevantes são:

Redução de custos

Sem a menor sombra de dúvida, a redução de custos é um dos principais incentivos pelo outsourcing de TI. E não é nada difícil de entender o porquê visto que, ao compará-lo com os gastos necessários para a implantação e manutenção de uma infraestrutura dedicada, você perceberá uma economia significativa.

Porém, é possível ir ainda mais adiante, pois, além de reduzir os custos de capital, haverá também uma redução considerável no que se refere aos custos operacionais.

Nesse sentido, estamos nos referindo às despesas para criar e manter uma equipe interna, como:

  • recrutamento e seleção;
  • treinamentos;
  • salários e bonificações;
  • impostos trabalhistas (que podem chegar ao dobro do que está na folha de pagamento);
  • férias e 13º salário;
  • rescisões.

Ao jogar esses números no papel, você verá que ao optar pela “internalização” incidirá em gastos um tanto quanto mais elevados. Ao terceirizar, parte desses custos pode ser instantaneamente eliminada.

Entretanto, uma conta mais correta a fazer seria analisar essa questão sob uma perspectiva de médio e longo prazo. Em outras palavras, essa vantagem será mais bem compreendida ao longo do tempo.

Flexibilidade

Como você sabe, flutuações na demanda são fatores absolutamente normais em qualquer tipo de organização. Seja em épocas de crise ou de economia aquecida, é importante poder se adaptar ao volume de negócios.

E é essa mais uma das vantagens do outsourcing de TI, que permite a flexibilidade dos serviços conforme as diligências do momento. Em resumo, você paga apenas pelo que usa, podendo aumentar ou diminuir a sua carga de necessidades de forma simples e rápida.

Inovação

Outro ponto que merece ser destacado é a inovação. E o porquê disso? A resposta: porque, ao contratar uma empresa especializada no fornecimento das soluções que você necessita, ganha-se, com isso, uma infraestrutura atualizada e em conformidade com as últimas tecnologias do mercado.

Expertise profissional

Ao contar com o conhecimento do fornecedor, você será beneficiado com a expertise do seu time de profissionais. Por ter na prestação de serviços a sua atividade principal, o mínimo que se espera é uma equipe de colaboradores certificados e experimentados acerca dos treinamentos de capacitação.

Desvantagens do outsourcing de TI

Como a quase tudo que se relaciona aos negócios, o outsourcing de TI também tem as suas desvantagens. Sempre que houver a delegação de atividades para um terceiro, riscos estarão envolvidos.

Embora não exista relação com os fornecedores em si, o que ocorre aqui é que eles serão minimizados se você encontrar um bom parceiro. Dito isso, veja a seguir quais são os dispêndios da terceirização:

Perda de confidencialidade

Para muitos, a perda de confiabilidade é a maior desvantagem. Ao decidir-se pelo outsourcing, o acesso (ou, até mesmo, o controle) aos seus dados confidenciais terá de ser “repassado” ao fornecedor do serviço.

É claro que, nesse , estarão as práticas de segurança da informação. No entanto, se você não tiver o devido cuidado na hora de escolher a terceirizada, existe um risco inerente para o mau uso dos seus dados.

Por essa razão, avalie a idoneidade dos fornecedores com muita atenção, isso é muito importante. A dica é simples: observe quem são os seus clientes, quais classes e entidades eles participam e que companhias são suas parceiras.

Risco de mau clima

Queira você ou não, a passagem do “interno” para o “externo” costuma envolver a demissão de funcionários, podendo gerar um clima de mal-estar no ambiente de trabalho.

Por isso, é fundamental que você seja o mais transparente possível, comunicando as reais causas para os desligamentos. Se não fizer isso, os colaboradores que nada têm a ver com essa transição podem pensar que também estão ameaçados — resultando, desse modo, em um clima ainda pior.

Outra questão a salientar e que precisa ser avaliada é a relação entre os seus funcionários com os da empresa contratada. Diante disso, analise o profissionalismo dos fornecedores nos momentos em que você estiver sendo atendido, por exemplo.

Além desses, é válido acrescentar as desvantagens relacionadas ao fornecimento de um serviço de má qualidade, como:

  • suporte ineficiente;
  • atendimento inadequado;
  • custos ocultos (sem a menção de quando podem ocorrer);
  • etc.

Para concluir, não poderíamos deixar de mencionar as situações em que a terceirização é recomendada. Basicamente, a solução é indicada para os casos em que:

  • a estrutura atual esteja limitando as operações do negócio;
  • exista uma necessidade de redução de custos;
  • seja preciso inovar os processos.

Só não se esqueça de que, para obter os seus benefícios, é necessário contratar um fornecedor reconhecido e que seja capaz de proporcionar um serviço qualificado.

Esperamos que você tenha gostado deste artigo sobre as vantagens e as desvantagens do outsourcing de TI. Se sim, não deixe de conferir como o Business Intelligence cria oportunidades para os profissionais do setor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *