Como o business intelligence cria oportunidades para profissionais de TI?

Muito se fala sobre as soluções e técnicas de business intelligence (BI) e suas vantagens para a gestão empresarial. Da administração orientada a dados, com análises mais profundas, rápidas e eficazes, ao ganho de competitividade, BI já é unanimidade no mundo corporativo moderno.

E, perceba, estamos falando do universo da inteligência competitiva. Na definição do Gartner, maior empresa de pesquisa em tecnologia, “business intelligence é um termo abrangente que inclui aplicativos, infraestrutura e ferramentas e as melhores práticas que permitem o acesso e análise de informações para melhorar decisões e desempenho”.

O que pouco entra em pauta, no entanto, são as vantagens oferecidas aos profissionais de TI preparados para lidar com este conceito.  Sobre isso vamos refletir ao longo deste artigo.

Continue lendo para entender as principais oportunidades que os profissionais de tecnologia podem obter com business intelligence!

BI como mola propulsora da inteligência competitiva das empresas e dos profissionais de TI

O volume de dados com o qual as empresas precisam lidar atualmente é exponencialmente maior do que há dez anos. Não é à toa que todo o mercado — desde os grandes players até as startups — passou a buscar ferramentas, métodos e estratégias para tornar as análises mais inteligentes e ágeis.

Uma pesquisa do Portal ERP, com mais de 4,5 mil empresas brasileiras, constatou que 25% delas já adotaram soluções de BI, big data e outras baseadas em análise de dados para se tornarem mais competitivas em 2018.

Na mesma proporção, o que se espera de um profissional de TI na atualidade é uma atuação menos operacional do que há alguns anos, portanto, mais analítica e estratégica.

Nesse movimento, são inúmeras as oportunidades para especialistas em business intelligence. De desenvolvedores de aplicações a cientistas de dados, passando por analistas, especialistas em segurança da informação etc. Não param de surgir modelos de negócios, empregos e possibilidades de reinvenção de carreira nesta área.

Principais oportunidades que o BI oferece aos profissionais de TI

Dentre as soluções que compõem o fenômeno do big data, as aplicações de BI são, sem sombra de dúvidas, as que mais geram otimismo aos profissionais de tecnologia, como demonstraremos a seguir.

Espaço para empreender no desenvolvimento de aplicações e serviços especializados

Em 2016, um estudo da Resultados Digitais constatou que 70% das empresas no Brasil ainda não contavam com soluções de BI para fazer análises de negócios.

Por outro lado, de acordo com a consultoria IDC, uma em cada nove empresas latino-americanas deve empreender uma estratégia de transformação digital — o Brasil detém 45% do mercado na região. Ou seja, as organizações estão trabalhando para aproveitar tecnologias inovadoras em seus processos produtivos, de gestão e negócios.

Esses dois estudos apontam oportunidades para empreendedores em TI dispostos a oferecer ao mercado ferramentas e serviços dentro do conceito de business intelligence.

Escassez de mão de obra especializada em análise de dados

O McKinsey Global Institute indica que até o final de 2018 deverá haver um déficit de mais de 190 mil profissionais especializados para lidar com big data nos Estados Unidos. E olha que estamos falando do país mais desenvolvido tecnologicamente no mundo.

Aqui no Brasil, cientistas de dados, analistas e gestores especializados em unir ferramentas e métodos tecnológicos com os interesses dos negócios, também são raridade. Atrair e reter esses talentos não é tarefa fácil.

É aí que surgem oportunidades de upgrade na carreira dos profissionais de TI. Analistas de BI, por exemplo, começam com salários na faixa dos R$ 2,5 mil e podem chegar a R$ 10,5 mil conforme suas habilidades e também de acordo com o tamanho das empresas para os quais prestam serviços, segundo o Sistema Nacional de Empregos (Sine).

Analistas de bancos de dados iniciam a carreira com salários superiores a três mil reais, de acordo com a consultoria Catho. Já os cientistas de dados (data scientists), ainda mais raros, são procurados de norte a sul do país.

Possibilidade de participar dos boards executivos do mercado digital

Outra grande oportunidade para os profissionais de TI em torno do conceito de business intelligence é deixar de atuar na operação para compor as mesas de discussão da alta hierarquia empresarial.

Daí que a figura do C-level é bastante procurada principalmente pelas empresas que estão mergulhando na transformação digital. A união da tecnologia com as estratégias de negócio requerem executivos com excelente domínio técnico e capacidades de negociação, implementação de métodos inovadores de análise de dados, facilidade com decisões de alta complexidade e coordenação de equipes de alta performance.

Gap no mercado de consultoria em inteligência de negócios

Também o mercado de consultoria em inteligência de negócios está aquecido e necessitando de profissionais altamente capacitados.

Um consultor de BI desenvolve uma compreensão abrangente dos processos de negócios, armazéns de dados, sistemas de produção e bancos de dados departamentais. Também ajuda a criar e coordenar equipes multifuncionais para ajudar a desenvolver a conscientização organizacional, desenvolver projetos e potencializar resultados.

É importante escolher uma das áreas (técnica, estratégica etc.) para mergulhar fundo e oferecer ao mercado soluções realmente inovadoras.

Como se preparar para as oportunidades do business intelligence

Obviamente, as oportunidades são para os profissionais de tecnologia mais preparados, aqueles que ampliam sua visão e conseguem estabelecer pontes produtivas entre a tecnologia e os negócios.

Aqui estão algumas dicas para quem quer se destacar nessa carreira:

Especialize-se em transformação digital

Há excelentes ofertas em MBA, cursos profissionalizantes e certificações em torno da transformação digital. Um bom especialista é aquele que compreende os conceitos de inteligência artificial, aprendizado de máquina, internet das coisas, big data, computação em nuvem.

Mais que isso, é preciso saber encontrar fornecedores de recursos e serviços de alta performance para propor inovações dentro dos novos modelos de negócio que estão surgindo.

Desenvolva suas capacidades e sua imagem como um profissional inovador

Outro ponto importante é o desenvolvimento de habilidades em inovação. Mas, mais do que isso, é importante trabalhar a imagem. Afinal, o mercado não vai advinhar que o profissional está atento aos movimentos e tem a inovação como um valor.

Logo, é fundamental participar de eventos na área, criar e manter um bom networking, compartilhar conhecimento… A linha tênue entre ser e parecer precisa ser bem utilizada.

Assuma riscos e realize testes constantemente

Quando se trata de atuação com análises de dados e tomadas de decisões de alta complexidade, é importante ter aptidão para assumir riscos.

Na inteligência de negócios não há espaço para síndrome do impostor (dificuldade de assumir para si mesmo seu valor profissional). Pelo contrário, os profissionais mais respeitados e valorizados são aqueles que fazem testes, criam projetos arriscados e, dessa forma, conseguem obter resultados superiores à média.

E aí, como está a sua atuação dentro das oportunidades do business intelligence? Gostou da reflexão que trouxemos neste artigo? Deixe seu comentário no post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *