/Datacenter no Brasil X Datacenter no exterior: qual a diferença?
Datacenter no Brasil X Datacenter no exterior: qual a diferença? - Blog Under

Datacenter no Brasil X Datacenter no exterior: qual a diferença?

Um dos benefícios que a internet possibilitou foi a globalização da economia. Hoje é possível adquirir bens e serviços de qualquer país sem sair de dentro de casa. Isso amplia a competitividade e faz com que empresas nacionais e internacionais deem o seu melhor para conquistar clientes de todo mundo, seja em preço ou em qualidade. Aqui, culturalmente se instituiu que “tudo que vem de fora é melhor”. Mas será que é mesmo? Por exemplo, você sabe a diferença entre ter um servidor hospedado em um datacenter estrangeiro e ter um hospedado no Brasil? A gente explica.

Custo de um datacenter no exterior e no Brasil

Há pouco tempo se afirmava que era mais barato ter um servidor hospedado em um datacenter americano, por exemplo. A justificativa era de que, como o país é um polo de inovação, o custo da infraestrutura e manutenção seria mais acessível do que as soluções nacionais. Porém, com a popularização da tecnologia, pode-se oferecer um serviço tão bom ou muito melhor do que os estrangeiros com uma grande vantagem no bolso: sem a incidência de IOF por serviços internacionais, e sem a preocupação com a variação cambial.

Menor ou maior latência

De uma forma simplificada, latência é o tempo que um pacote de dados leva para ir de um ponto a outro. Quando você tem um aplicativo hospedado em um servidor, seu cliente envia uma solicitação para ele, que viaja até o datacenter, e lá ela é processada e devolvida para o usuário. As tecnologias podem evoluir, mas as leis da Física continuam as mesmas: a distância (e por consequência, a latência) é menor quando o datacenter está mais perto – ou seja, no Brasil.

Qualidade no serviço de datacenter

Já falamos acima que a inovação tecnológica em datacenter não é um problema no Brasil para competir com o exterior. Mas aqui saímos na frente quando o assunto é suporte. Quem tem algum serviço de hosting fora do Brasil já passou por algum problema de tradução ou demora na resolução dos problemas – o fuso horário também é um fator que não colabora para um bom atendimento, ainda mais se for alguma urgência.

Sobre os datacenters da Under

Para entregar o melhor serviço aos seus clientes, a Under tem dois datacenters no Estado de São Paulo, entregando máxima conectividade e baixa latência. Além disso, são estruturas que possuem certificação Tier-3 – um dos níveis mais altos de segurança para proteção de equipamentos. E falando neles, a Under só trabalha com hardware de nível Enterprise, que possui mais qualidade, potência e durabilidade. No nosso site a gente fala mais sobre os datacenters Under. Confira!